Blog

360 Varejo Consultores & Associados

Modelos de Receita para e-commerce

Modelos de Receita – 5 opções para gerar mais lucros no e-commerce

Descubra formas de alavancar a rentabilidade no varejo online

Há menos de uma década, eram poucos os segmentos de produtos que estavam disponíveis para venda online. O comércio eletrônico ainda era uma opção vantajosa apenas para algumas categorias de produtos. 

No entanto, os hábitos de consumo mudaram muito nos últimos anos – atualmente, não existem barreiras que impeçam qualquer empresa de comercializar os seus produtos ou serviços através da internet. 

O e-commerce se tornou uma opção extremamente vantajosa, especialmente no setor do varejo. Afinal, é muito mais simples e barato ter uma loja online: além de reduzir os cursos em estrutura, a vitrine é expandida para um público muito maior. 

Modelos de receita: o que são e como escolher? 

Independentemente de o ambiente ser online ou físico, toda empresa tem como objetivo a geração de lucros – e é aí que os modelos de receita entram em cena. 

Modelos de receita são, basicamente, a forma que um negócio irá obter rendimentos, gerar lucros e fazer os investimentos e toda a dedicação valerem a pena. 

Para optar por um modelo de receita, é necessário fazer uma análise do negócio e entender qual tipo de produto será comercializado online. Desta forma, é possível avaliar as opções e selecionar o melhor modelo, que deve ser escalável e sustentável no longo prazo. 

Existem inúmeros modelos e possibilidades, e certamente existe um que se encaixa melhor nos seus objetivos. Separamos os 5 modelos mais utilizados pela maioria das empresas, que podem ser aplicados individualmente ou combinados.

5 modelos de receita para e-commerce:

  1. Receitas recorrentes

Como o próprio nome sugere, este é um modelo no qual os pagamentos são recorrentes, ou seja, entram no caixa sempre na mesma frequência. Para aplicá-lo, é necessário analisar se ele se encaixa em seu produto ou serviço. 

Para exemplificar, a recorrência funciona como uma assinatura: o cliente paga um valor fixo e, assim tem garantida a entrega do produto na frequência contratada. Uma boa opção é atrelar a recorrência a algum benefício, como descontos progressivos conforme o prazo contratado. 

A principal vantagem da receita recorrente é o maior controle financeiro: é possível prever de forma assertiva como será o fluxo de entrada em determinado período, contribuindo com uma gestão de recursos mais eficiente. 

Muito usada em serviços como assinaturas de streaming, a recorrência mensal também passou a se estender para a venda de produtos, como assinaturas de cervejas artesanais, vinhos, cafés especiais, produtos de pet shop, boxes de cosméticos, clubes de livros, etc. 

  1. Combos promocionais

Uma outra dica para o planejamento de receita no varejo online é a oferta de combos promocionais. Aqui, a ideia é selecionar produtos e combiná-los, oferecendo um desconto na aquisição de um número maior de produtos. 

  1. Abertura a novos mercados

A entrada em novos mercados sempre pode aumentar as receitas, uma vez que é possível explorar a ausência de barreiras físicas na realização de vendas online. 

Estender a área de atuação pode trazer novos clientes. No entanto, é essencial avaliar os custos da operação logística. Geralmente, o frete é pago pelo cliente final, mas valores elevados para regiões distantes podem desestimular a conclusão da compra. 

Para um diagnóstico preciso das possibilidades logísticas, conte com os nossos especialistas!

  1. Fidelização dos clientes

A fidelização de clientes é uma forma importante de manter a receita de um comércio online, pois possibilita o reforço do fluxo de caixa de forma recorrente. 

Sistemas de pontuação ou cupons com prazos preestabelecidos para resgate são ótimas opções para fortalecer o relacionamento com o cliente e, consequentemente, as vendas.

  1. Lançamentos de novos produtos

Lançamentos são uma ótima forma de aumentar as receitas, pois atrai novos clientes e eleva o ticket médio daqueles que já compram de sua loja. 

No entanto, é essencial trabalhar com muita análise e planejamento: demanda, concorrência e diferenciais devem ser colocados na balança e utilizados estrategicamente para firmar a empresa no segmento. 

Não fique com dúvidas: conte com a consultoria da 360 Varejo!

  • Dica bônus: invista no relacionamento com o seu cliente!

Modelos de receita podem ser muito úteis no planejamento financeiro da sua empresa. No entanto, independentemente da opção escolhida, é essencial dar atenção ao relacionamento com o seu cliente. 

Em um mundo no qual diversas opções estão a poucos cliques, as empresas que buscam se destacar precisam contar com um diferencial. Os clientes desejam se envolver com a sua marca onde e quando preferirem, e buscam por experiências que vão além dos produtos. 

Dar atenção ao atendimento, ao suporte, à experiência durante toda a jornada de compra e, especialmente, ao pós-venda, torna possível ir além da atração de clientes e alcançar o encantamento. 

Se você tem dúvidas sobre a aplicabilidade dos modelos de receita, implementação de um e-commerce e estratégias para alavancar os negócios, conte com a nossa equipe de especialistas! Consultoria 360º para alcançarmos, juntos, os melhores resultados!